segunda-feira, dezembro 20

Paradigma Urbano

As cidades do novo milénio. Livro a não perder para quem, como eu, se interessa pelas problemáticas urbanas. Myron Magnet, quem seleccionou este conjunto de artigos, publicados na City Journal. Esta revista trimestral tem sido, nos últimos anos, a “caixa de ressonância” do debate sobre politicas urbanas, politicamente incorrectas. Questões como a «segurança social», a «criminalidade», a «educação», os «sem abrigo», são abordados de uma outra perspectiva. Pouco dada ao tradicional discurso da “complexidade” que nos torna a todos inoperantes, estas análises, baseadas em questões concretas, com soluções aplicadas, abre-nos novos horizontes sobre velhos problemas das cidades. É obviamente sobre a realidade Americana, mas não deixa de reflectir os problemas que sentimos. A forma como se poderão resolver é que é distinta. Desta vaga de novas politicas urbanas Nova Iorque, foi a sua expressão mais visível. O seu Mayor, Rudy Giuliani – que se tornou mundialmente conhecido com a tragédia de 11 de Setembro e a forma enérgica como reagiu à catástrofe – foi um dos principais protagonistas desta “regeneração urbana”. O Compstat – departamento policial com uma abordagem activa e preventiva – foi o instrumento que esta cidade necessitava para fazer descer a criminalidade. Facto apontado como a principal causa da decadência de Nova Iorque. Em seis anos de implementação, a criminalidade geral caiu 50% e o assassínio para 1/3. Atacar a criminalidade permitiu o ressurgimento da actividade económica e o voltar de população para as zonas centrais da cidade. È obra.
A ideia de “cidades ingovernáveis”, que se espalhou durante as décadas de 70 e 80, tem vindo a ser abandonada graças a uma nova metodologia assente numa hierarquia de valores diferente. A actividade económica pode não florescer se o crime for impeditivo, por exemplo, por muito dinheiro que se gaste em recuperação urbana.
A não perder.
Da Quetzal Editores.

1 comentário:

al disse...

Obrigado pela dica stop já cá canta meu exemplar stop Notas de leitura e opinião final em breve stop Bom ano stop